Utilidade pública


De acordo com a previsão do o Instituto de Meteorologia (IM) as altas temperaturas que se têm feito sentir em Portugal vão manter-se esta segunda-feira.
Segundo o IM, o termómetro deverá ultrapassar os 30 graus em todas as regiões de Portugal Continental, à excepção do Algarve, chegando mesmo aos 40 nos distritos de Beja, Santarém e Coimbra.

O índice de raios ultravioleta (IUV) chega ao grau 11, o mais elevado da escala, podendo provocar problemas de saúde como queimaduras de pele e perturbações oculares. O IM aconselha, por isso, a população a proteger-se e a evitar a exposição excessiva.

Como medida de prevenção dos efeitos do calor, a Direcção-Geral de Saúde recomenda o aumento da ingestão de água ou sumos de fruta natural, sendo de evitar bebidas alcoólicas.

Para terça-feira prevê-se uma pequena descida das temperaturas e períodos de céu muito nublado, mantendo-se as condições favoráveis à ocorrência de aguaceiros e trovoadas.

Posted in Uncategorized. Tags: . 4 Comments »

Recordes

No Letras com Garfos, uma foto da torre (uma precisão…) mais alta do Canadá – e do mundo!

A Canadian National (CN) Tower, em Toronto, construída em 1975, com os seus 553 metros.
Para apreciadores.

Posted in Uncategorized. Tags: , . 1 Comment »

Curiosidade selectiva


Era suposto termos esperado. E esperou-se.
Até se produzir um desenlace.

E agora o que falta? Tudo!
Porque a condenação do Independente por Violação de Segredo de Justiça é, no meio desta novela, um ínfimo pormenor!
Ao contrário do que pretende um processo de desvio de atenções que quer colocar com esta condenação uma pedra sobre um assunto que se resumiria a um delito jornalístico.

Mas não.

Porque o Independente não foi condenado por calúnia ou difamação.
A Justiça não se pronunciou sobre a sua “invenção” ou “manipulação” de informação em prejuízo de terceiro.
Concentrou-se sobre a utilização de material vedado à divulgação pública por integrar um processo legal sigiloso, o que terá ficado provado.
Sobre a existência dos documentos referidos e seu conteúdo, nada disse a Justiça. Ou desdisse. Porque sobre eles ninguém lhe solicitou que se pronunciasse – se calhar, por nada haver a dizer ou desdizer que atenuasse o “enxovalho da vítima”.

Tudo está por tirar a limpo!

De tantos “curiosos” que há no País, quantos arregaçaram as mangas para levar a história do Freeport até ao fim? (Incluindo quem de direito!)
A sério, até hoje, só o Independente.
E os outros? Dos “bons” que aí há?…
Falta de “tempo”? Falta de “meios”? Falta de vontade?

No Tomar Partido, há um curto e claro resumo da situação, que subscrevo.
Contra uma tendência irritante para a curiosidade selectiva.

Posted in Uncategorized. Tags: , . 1 Comment »

Mais do mesmo

Mais do mesmo no PSD de Lisboa.
Mudar, e ficar na mesma.

Mau pela amostra da social-democracia à escala do País.
Mau pelo que representa do que se passa hoje em todos os outros partidos.

Triunfo pandémico do politicamente correcto sobre a afirmação das rupturas.

“Ainda veremos dias engraçados”.
Até ao momento ansiado do despertar deste País.

Posted in Uncategorized. Tags: . 2 Comments »

Fartos do Melhor Jogador do Mundial 2006?…

Então tomem lá mais esta, muito boa, saída do “Letras com Garfos”.

Posted in Uncategorized. Tags: , . 3 Comments »

Piratas Profissionais

Frequentadores atentos terão ideia de há algum tempo ter contado um episódio metendo vikings, piratas e reclamações (não há como conferir…).

Pois há desenvolvimentos!
O expedito Ministério da Cultura, através da Inspecção-Geral de Actividades Culturais, respondeu, como é de lei, à minha reclamação, como pode ver-se…
Com o pequeno transtorno de a resposta ser uma vergonha. (E não me refiro só às construções de texto…)

Depois de me recordar o “desagrado” da minha experiência, a IGAC informa que, muito diligente, “notificou a entidade prestadora de serviços” para “prestar esclarecimentos”.
Pois…

Mas para estes senhores, “prestar esclarecimentos” significa ouvir a parte que, ao explicar-se, esmaga qualquer crítica com a força do seu depoimento.
Como nas brincadeiras dos putos, quem tem a última palavra é quem tem razão.
E assim não há “motivo para o levantamento de um auto de notícia”, porque “a situação descrita não corresponde a violação”.

O “esclarecimento” da Castello Lopes! Da parte posta em causa!
Segundo ela, tudo foi normal, uma vez que tanto o trailer do recente “Os Piratas das Caraíbas” como o filme “Asterix e os Vikings” estão classificados “para maiores de 6 anos” – e para a IGAC é o que basta.

Só que são dois os problemas que se colocam: o da estupidez (da atitude descrita) e o da incompetência.

Por via das dúvidas solicitei à CCE-Comissão de Classificação de Espectáculos um esclarecimento sobre a classificação do filme “Piratas das Caraíbas: O Cofre do Homem Morto”; cuja resposta também reproduzo.

E em que ficamos?
O Ministério da Cultura não sabe às quantas anda… ou não se interessa em saber, satisfazendo-se com respostas de “chapa 4” a algum chato que se atreva a quebrar a tranquilidade do seu dia-a-dia?

Será normal estes senhores, que são os supostos craques, confundirem um filme para maiores de 12 anos com um para maiores de 6?!
Será que é normal passar trailers de filmes para maiores de 12 em salas do “Asterix”? (Vai um trailerzinho para tirar as dúvidas?)
E será normal estes senhores não terem sequer a noção de que o próprio “Asterix e os Vickings” não é para um público de maiores de 6 mas para maiores de 4?!? (O que torna tudo ainda mais ridículo…)

Garanto é que isto não fica por aqui, porque ninguém gosta que lhe soletrem p-a-r-v-o na cara.
Ou de ver que quem tem responsabilidades (sejam elas quais forem) de forma tão leviana as exerce e de forma tão desprezível trata quem a si recorre.

À suivre…

Posted in Uncategorized. Tags: , . 1 Comment »

Ser banido é…

Ocorreu-me assinalar a primeira vez que este blogueiro foi banido de algum lado.

Não pelo escândalo que me mereça, nem sequer pela eventual surpresa.
Que o “como” e o “de onde” se é banido permite um grau muito fiável de antecipação da asneira.

No caso, fomos banidos (isto já se está a reflectir na minha saúde!…) deste belo blogue.

O referido, que por outras e esta está no meu banco de suplentes!, assume-se claramente um brutódromo onde vale tudo menos arrancar olhos, com o fim desvairado e umbiguista de botar no mundo as elevadas opiniões humanistas do seu mestre, sem as quais dificilmente a gente (os normais) poderia orientar a nossa vida.

Mas, deixem lá.
Sou tão pouco rancoroso que vou continuar a passar por lá.
E afinal ser banido (assim) é óptimo…

Posted in Uncategorized. Tags: . 8 Comments »